Página Principal

MC521-1s2014

MC621-2s2014

MC521-1s2015

MC621-2s2015

MC521-1s2016

Conteúdo

Área Reservada

edit sidebar

Introdução

O que é?

Leia na página oficial da maratona.

Maratona de Programação na Unicamp

A Unicamp foi uma das pioneiras na Maratona de Programação, sendo também a primeira universidade sulamericana a classificar um time para o mundial. De 1997 até o ano de 2014, a Unicamp já se classificou 9 vezes para o mundial. Veja o nosso álbum de fotos.

Participações da Unicamp no Mundial (ACM ICPC)

  • 1997 - San Jose, Estados Unidos: Alexandre Oliva, Alexandre Volpim e André Cesta e coach Ricardo Anido.
  • 2001 - Vancouver, Canadá: Guilherme Ottoni, Ulisses Silva e Vinicius Fortuna e coach Ricardo Anido.
  • 2003 - Los Angeles, Estados Unidos: Claus Aranha, Ulisses Silva, Vinicius Fortuna e coach Guilherme Ottoni.
  • 2004 - Praga, República Checa: Alberto Miranda, Renato Sousa, Thiago Hirai e coach Vinicius Fortuna.
  • 2005 - Shangai, China: Alberto Miranda, Renato Sousa, Thiago Hirai e coach Vinicius Fortuna.
  • 2008 - Banff, Canadá: André Rodrigues, Guilherme Kunigami, Paulo Roberto Costa e coach Alberto Miranda.
  • 2010 - Harbin, China: Davi Costa, Guilherme Kunigami, Marcelo Póvoa e coach Alberto Miranda.
  • 2013 - São Petersburgo, Rússia: Douglas Santos, Marcelo Póvoa, Thiago Cavalcante e coach Murilo Vasconcelos.
  • 2014 - Ecaterimburgo, Rússia: Douglas Santos, Igor Wolff, Lucas Castro e coach Marcelo Póvoa.
  • 2015 - Marrakesh, Marrocos: Igor Wolff, Patrícia Hongo, Ruan Silva e coach Lucas Castro.

Por que Participar?

Conhecimento

Você adquire conhecimento que transcende o escopo da Maratona de Programação. Você aprende algoritmos e técnicas que te ajudam a programar mais rapidamente códigos mais enxutos, eficientes e com menos bugs, tornando-se um melhor programador. Além disso, provavelmente irá se familiarizar com ferramentas úteis como a biblioteca STL de C++.

Além do mais, algumas matérias obrigatórias têm parte de sua ementa coberta por tópicos comuns na maratona, como por exemplo MC358, MC458 e MC558. Essas matérias ficam mais fáceis e interessantes quando você já conhece a aplicação da teoria em problemas práticos de maratona.

Mercado de Trabalho

As grandes empresas de computação como Google, Microsoft e Facebook valorizam a habilidade de problem solving, que acaba sendo naturalmente desenvolvida durante a resolução de problemas de maratona. Suas entrevistas normalmente envolvem problemas de caráter algorítmico, muito similares ao tipo de problema de Maratona. Vários ex-maratonistas da Unicamp comprovam tal fato (e a lista cresce rapidamente):

  • Alexandre Oliva - Engenheiro de Compiladores pela Red Hat
  • Guilherme Ottoni - Pesquisador, Facebook, Palo Alto
  • Vinicius Fortuna - Engenheiro de Software, Google, Nova York
  • Rodrigo Schmidt - Engenheiro de Software, Facebook, Palo Alto
  • Alberto Miranda - Engenheiro de Software, Google, Belo Horizonte
  • Renato Sousa - Engenheiro de Software, Microsoft, Redmond
  • Thiago Hirai - Engenheiro de Software, Facebook, Seattle
  • Rafael Castro - Engenheiro de Software, Google, Belo Horizonte
  • Davi Barbosa - Engenheiro de Software, Google, Belo Horizonte
  • Igor Assis - Engenheiro de Software, Facebook, Menlo Park
  • Guilherme Kunigami - Engenheiro de Software, Facebook, Menlo Park
  • Davi Costa - Engenheiro de Software, Facebook, Menlo Park
  • Daniel Fukuciro - Engenheiro de Software, Facebook, Menlo Park
  • Felipe Sodré - Engenheiro de Software, Facebook, Menlo Park
  • Miguel Gaiowski - Engenheiro de Software, Facebook, Menlo Park
  • Alexandre Kunieda - Engenheiro de Software, Facebook, Menlo Park
  • Douglas Santos - Engenheiro de Software, Facebook, Menlo Park
  • Marcelo Póvoa - Engenheiro de Software, Google, Belo Horizonte
  • Lucas Castro - Engenheiro de Software, Google, Belo Horizonte
  • Patrícia Hongo - Estágio na Google, Belo Horizonte
  • Igor Wolff - Estágio no Facebook, Menlo Park

A maior parte dessas empresas pede para que seus funcionários indiquem conhecidos e enviem seus currículos. Participando dos treinos da maratona você estará em contato com potenciais funcionários de tais empresas. Bom, não preciso dizer mais nada, certo?

Viagens

Para quem gosta de viajar, esse é um dos melhores incentivos. Basta conseguir uma vaga para a final nacional da maratona, na qual podem participar no máximo 2 times da Unicamp e são convocados cerca de 50 times do Brasil inteiro. Você viajará para outras cidades do país como Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Vila Velha, etc, ficando hospedado em bons hotéis e comendo de graça durante os dois dias do evento.

Na próxima edição (2015), a final será em São Paulo - SP.

Nos últimos anos, o Brasil tem conseguido levar em torno de 5 times para o mundial. Com bastante esforço e dedicação, é perfeitamente possível ficar entre os primeiros colocados e conseguir uma vaga. O mundial é realizado em cidades turísticas fantásticas de diversos países. Você fica hospedado em um hotel 5 estrelas por quase uma semana, faz passeios e atividades interessantes e conhece gente do mundo todo. A experiência é indescritível. ;)

Posso Participar?

Verifique se você é elegível para participar na seção Regras do site da Maratona.

Devo Participar?

Óbvio que sim. Mas talvez uma pergunta melhor seja: "Vou me dar bem se eu participar?". Aí depende de você. Eu considero as seguintes características importantes:

  • Esforço e dedicação
  • Gostar de Matemática, Lógica e Desafios
  • Criatividade

Observe que não incluí "saber programar". Se você leu as informações na página oficial da maratona, deve saber que equipes são formadas por três pessoas para usarem apenas um computador. Como não dá para todos programarem o tempo todo, existem equipes que optam por deixar uma ou mais pessoas sem programar como parte da estratégia. A resolução do problema em si no papel é também muito importante.

É claro que você será muito mais útil para sua equipe se souber transformar sua idéia em algoritmo (pseudo-código no mínimo) e ajudar a encontrar bugs no programa dos outros. Mas acredito que quem possui as características listadas acima aprende o suficiente durante os treinos.

Por isso, o convite vale para qualquer curso. Ao meu ver, alunos da Matemática, Engenharia de Controle e Automação e Engenharia Elétrica também têm excelentes chances.

Como Participar?

Os treinos acontecem às sextas-feiras, das 14h às 18h. Quem quiser participar é só aparecer, sem compromisso, ao IC-3, normalmente na sala 304. Se você não for aluno do Instituto de Computação, talvez seja preciso uma autorização. Neste caso, entre em contato.