Prorrogadas até 18/04/2013 as inscrições para Concurso Público de Professor Doutor no IC

Abertura de inscrições para o concurso público para Professor Doutor no Instituto de Computação da Unicamp.

Em 18/02/2013 foram abertas as inscrições para o concurso para Professor Doutor do Instituto de Computação (IC) da UNICAMP, na área de Fundamentos de  Programação.  Esta é uma área básica, com disciplinas que qualquer professor em Computação deve ser capaz de ministrar.  O IC encoraja fortemente candidatos tanto recém-formados como também mais experientes a se inscreverem no concurso independentemente de sua área de pesquisa.

 

 
O período de inscrições foram prorrogados até o dia 18/04/2013.
O IC indicou um funcionário que pode receber a procuração dos candidatos para fazer a inscrição no concurso. Desta forma, o candidato não precisa vir pessoalmente à UNICAMP para efetuar a sua inscrição, desde que a documentação relevante em papel tenha sido enviada e recebida pelo IC até a data limite do período de inscrição. As procurações podem ser redigidas de próprio punho e não precisam ser registradas em cartório.
 
A data do concurso será provavelmente em agosto de 2013.
 
Para maiores informações sobre o IC, a UNICAMP, o concurso ou detalhes da inscrição e dos termos das procurações, por favor contatar: neuza@ic.unicamp.br.
 
Algumas informações importantes:
 
O Instituto de Computação oferece, atualmente, cursos de graduação em Engenharia de Computação (conjuntamente com a Faculdade de Engenharia Elétrica e de Computação) e Bacharelado em Ciência da Computação, este último criado em 1969 pelo então Departamento de Ciência da Computação convertido posteriormente em Instituto. Adicionalmente, o Instituto se destaca por oferecer um Programa de Pós-Graduação (Mestrado e Doutorado) altamente reconhecido e qualificado – Conceito CAPES 6.
 
O concurso é em RTP (Tempo Parcial), com opção preferencial para o RDIDP (Regime de Dedicação Integral à Docência e à Pesquisa), porque esta é a regra da UNICAMP. Todos os professores do IC contratados nos últimos 20 anos fizeram concurso para admissão em RTP. Uma vez aprovado no concurso e convocado, o candidato pode solicitar a extensão do contrato para o regime de tempo integral (RDIDP), apresentando um plano de trabalho e pesquisa. A tramitação desta extensão pode ser feita em paralelo à tramitação da contratação em RTP. Na maioria dos casos, uma vez convocado o candidato, o processo inteiro leva de 1 a 2 meses (contratação e extensão). Hoje, a remuneração inicial em RTP é R$ 1.510,70 e em RDIDP R$ 8.715,28. Em junho próximo, tais valores serão reajustados. Desde a conquista da autonomia financeira, obtida pelas universidades estaduais paulistas em 1989, o índice de reajuste tem sido, em geral, ligeiramente acima de inflação. O vale alimentação de todos os funcionários e docentes da Unicamp é  R$ 720,00.
 
Outras peculiaridades das universidades estaduais paulistas são: o quinquênio, a sexta parte e a incorporação de parcial de gratificações no salário de seus servidores e docentes. A cada cinco anos de exercício, 5% do salário base do nível em que se encontra o servidor são agregados ao salário (quinquênio não incide sobre quinquênio). Além dos quinquênios, a cada 20 anos mais um sexto do salário percebido na ocasião é agregado àquele salário. Como o cálculo é feito sobre o salário percebido, a sexta parte também incide sobre quinquênios já adquiridos. As gratificações recebidas por exercício de cargos também são incorporados proporcionalmente ao tempo de exercício.
 
O IC tem mantido, até agora, uma média de três disciplinas por ano por professor em RDIDP. Via de regra, um professor ministra a cada ano uma disciplina na pós-graduação e duas na graduação.
 
Todo professor em regime RDIDP do IC está automaticamente credenciado na pós-graduação, podendo ministrar disciplinas e orientar alunos de mestrado e doutorado.
 
A Unicamp mantém um "Programa Auxílio à Pesquisa para Docente em Início de Carreira – PAPDIC" (http://www.prp.unicamp.br/faepex/manual.php#auxilioPAPDIC). Tão logo o docente recém-contratado submeta um projeto de pesquisa individual a uma agência de fomento, ele habilitado a solicitar e receber recursos no valor de R$15.000,00 para compra de equipamentos e uma bolsa para um aluno de mestrado por 24 meses.
 
O IC possui um grande parque de equipamentos para pesquisa. Quase todos os professores estão associados a laboratórios, que agregam pesquisadores de áreas similares e otimizam tanto o uso como a busca de recursos computacionais. A participação em algum laboratório é optativa.
 
O IC incentiva que seus professores tenham colaborações de pesquisa com a indústria local, nacional e internacional. Professores do IC têm ou tiveram projetos significativos financiados por: IBM, Intel, AMD, Microsoft, Samsung, Motorola, Receita Federal, HP, Itautec, Serasa, entre outros.