Todas as Defesas

Defesa de Mestrado de Rafael Mariottini Tomazela

Os avanços na robótica e o crescimento correspondente de seu uso em aplicações de serviço estão impulsionando a procura por robôs que possam operar em uma variedade de ambientes projetados para humanos. Em particular, robôs humanoides são bastante úteis para tarefas de serviço, uma vez que podem navegar e interagir de forma semelhante aos humanos nos ambientes. No entanto, o controle de movimento de tais robôs ainda é um desafio devido ao seu complexo espaço de estados e ações e de sua natureza contínua.

Defesa de Doutorado de Flávia Pisani

Perspectivas atuais para a Internet das Coisas (IoT, do inglês, Internet of Things) indicam que, dentro de alguns anos, uma rede global de objetos irá conectar dezenas de milhares de dispositivos através da Internet. A maioria deles conterá sensores que geram fluxos de dados constantemente e é comum que usuários precisem processar estes dados antes de armazenar os valores finais.No entanto, com o crescimento progressivo da IoT, esta estratégia precisa ser reavaliada, já que transmitir um imenso volume de informações pela rede será muito custoso.

Defesa de Mestrado de Lucas Oliveira David

O crescimento de arte no meio digital tem, sem sombras de dúvida, democratizado o acesso ao conteúdo pelo público em geral. Entretanto, esse crescimento também implicou no indesejado aumento no número de falsificações e desinformação sobre conteúdos acerca de arte.
Nesta linha, aprendizado de máquina pode ser utilizado para automatizar a organização e identificação de obras de arte em relação à sua providência, auxiliando especialistas e usuários comuns na obtenção e validação de obras de arte.

Defesa de Doutorado de Rafael de Oliveira Werneck

Muitas situações do mundo real podem ser modelados através de objetos e seus relacionamentos, como, por exemplo, estradas conectando cidades em um mapa. Grafo é um conceito derivado da abstração dessas situações. Grafos são uma poderosa representação estrutural que codifica as relaçôes entre objetos e entre seus componentes em um único formalismo. Essa representação é tão poderosa que é aplicada em uma ampla gama de aplicações, de bioinformática a redes sociais.